domingo, 16 de dezembro de 2007

Tédio do inferno!!!

Bem...
Como o próprio título diz... oh porra de tédio!
Hoje não fiz nada a não ser comer, ver tv, ficar na net e brincar com os cachorros.
E como sou uma filha muito boa (he-he-he), tô fazendo uma boa limpeza nesse pc do meu pai (tanto limpeza física, que esse laptop estava imundo, como limpeza no HD).
Baixei um monte de programas pra limpar, otimizar e proteger o pobre computador do meu pai... o foda é que ele não sabe mexer direito, então vira e mexe instala umas porcarias ou apaga coisas essenciais.
E... sabe o que me dá mais raiva??? É que ele nem usa metade do espaço de HD que tem... enquanto eu, me ferro com o meu laptop com falta de espaço em disco.

Coisas do aeroporto...
Deixei de ir com o meu cinto de rebite pra não ter que tirá-lo na hora do raio-x e no fim, resolveu porra nenhuma... me fizeram tirar o cinto (de novo)!
Aí, a mulher ver algo estranho na minha mochila e pede pra eu abrir... achei que eram as coisas da máquina digital, o carregador e essas coisas, mas ela falou que não era, e comecei a querer me desesperar, pensando: o que será que tem de metal na minha mochila???
Lembrei do presente que a faxineira mandou dar pra minha mãe, mas eu não fazia a mínima do que era, pois estava embrulhado. Ela pegou o pacote e passou no raio-x... sim! Era aquilo, mas... o que era?????
Ela me perguntou, eu simplesmente disse que não sabia porque era lembrança para uma outra pessoa, e a mulher me fez abrir o embrulho... e... o que era??? Um conjunto de talheres de alumínio...
Que merda!!!!
Pensei com as minhas feridas: o presente da Fátima (a faxineira) já era... vai ficar retido no aeroporto.
Por um milagre da vida, a mulher deixou passar... não sei porque...

E antes disso tudo.... na hora do check-in... uma outra mulher (óbvio né? rs) perguntou se eu ia despachar o isoporzinho que tava levando...
Eu: Não... vou levar na mão.
Mulher: O que tem dentro dela?
Eu: Perecíveis.
Mulher: Que tipo de perecíveis?
Eu: ......(pensando)...... Ah! Tem frutas, verduras e... (mentira!)
Mulher: Ah tá... pode levar!

Tenho certeza... se eu falasse que tava levando peixe, ou ela mandaria eu despachar, ou nem deixaria levar, porque eles frescam com coisas que podem sujar o avião ou sujar qualquer lugar ou objeto.

Os cachorrinhos estão tão bunitinhos!!!!
A Vamp tá gorda, parece um leitãozinho (rs), a Spice tá uma velha rabugenta como sempre... agora a cachorra nova... oh cachorra chata!!!
Meu pai comprou um rottweiler, uma fêmea... mas ela é tão ciumenta e quer tanta atenção que a gente não pode nem fazer carinho sossegado nos outros cachorros, ela já avança e fica enfiando a cara na nossa mão pra fazer carinho ou brincar... e fica mordendo (de brincadeira) o cachorro que tiver perto.
E outra... acho que ela tem algum problema físico, porque ela tem umas patas tão moles... não corre direito, parece que tá sempre mancando... corre que nem um coelhinho todo desengonsado e quando corre muito adoidada, sempre topa com algum piso mais elevado e machuca a pata... incrível! Só hoje ela topou umas três vezes!
E mais: quando brinca, ela tem mania de morder nossa mão, mas mesmo na brincadeira ela morde muito forte... quase furou minha mão duas vezes!
Sei não... não sei do que será dessa cachorra... tenho mais preocupação com a mordida dela que com o andar dela... mas que ela anda muito esquisita, anda.

Amanhã iremos conhecer as praias do norte... mas não sei se é só olhar ou pretendem nadar... só sei que a segunda opção, no momento está indisponível, porque estou nos dias (que raiva).

Mal cheguei aqui e já vou ter que ficar fazendo social (mas que raios!!!).
Eu não sei se a minha mãe é tão carismática com qualquer pessoa que faz as pessoas quererem conhecer a família ou se o povo é mesmo curioso e intrometido. Ela já pediu pra eu ir no serviço dela terça-feira pra participar da festa de confratenização, porque tem um monte de gente que quer me conhecer... mas que porra!!!

Pior que tô me cagando pra ir, porque a minha mãe fala sempre de um homem que trabalha junto com ela que é meio doidinho... mas meio piradinho mesmo... e ele é um dos que querem me conhecer...
Enfim... vou né???

Que mais???

Eu tenho certeza que tinha mais coisas pra falar... mas agora já esqueci...
Queria filosofar um pouco, mas não me vem nada a cabeça...

Ah! Outro caso no aeroporto...
Quando cheguei aqui em João Pessoa, esperando a minha bagagem, aparecem atrás de mim duas travestis muito medonhas, feias e POBRES!!!! (hauhahauhauhauhauhauhau)
Aí, fiquei pensando com as minhas feridas: se elas (eles, sei lá como preferem que sejam referidas (os), rs) forem daqui, devem saber de alguma balada, bar, o que for gls... acho que vou perguntar pra elas...
Quando eu tava me concentrando pra perguntar isso, uma das filhas da puta me empurra pra pegar a bagagem e ainda fala: esses caralhos que não saem da frente pra eu pegar as bagagens...
A outra, mais sensata, responde pra ela: é só você pedir licença que eles dão espaço pra você pegar...
Fiquei com raiva e me concentrei em pegar a minha mala...
rs

Queria ter passado o ano novo em SP... mas não, vou ter que ficar aqui em João Pessoa mesmo... vendo os fogos de artifícios se estourando na praia... provavelmente vai ficar um monte de bêbado na beira da praia viajando com as luzes, ou se afogando na bebedeira ou mar... e mesmo vendo essas bizarrices todas, vou achar sem graça e entediante.
Acho que voltei a ser a mega-ultra-master-pessimista-de-socar-a-cara, rs.
E já adotei um novo lema pra mim:

" Sou uma fudida mesmo...
E um dia, nóis vai conseguir!"

Agora o quê, eu não sei... se possível, uma namorada (pra mim)... para a Mariana e Sheyla, namorados né???
Para o Walter, uma japinha muito boazinha e que entenda ele (rs).
E para o resto do mundo: um "fuck you" bem grande!!!
rs

Que vontade de ouvir minhas músicas que tenho no meu laptop... rs

E minhas idéias para escrever algo útil por aqui se esgotaram... portanto... fim!

Ouvindo: Vive la Fête - Noir Desir

sábado, 15 de dezembro de 2007

E as flores... mucharam!!!

Bem... mesmo com esse título sendo verdadeiro, isso não quer dizer que já tem gente com espírito ruim em casa (espero, rs). Mas também, depois de quatro meses, se ela durasse, eu a nomearia de She-Ra (rs).

E... a pedido de alguns, estou atualizando isso...

E não... não sumi... apenas fiquei curtindo minha vida e utilizando muito bem o video-game do meu primo (he-he-he).

Ganhei meu Playstation 2!!!!
Mas nem estreei ele, porque ainda tá bloqueado. Já pedi pro Erick bloquear pra mim num lugar lá que ele conhece e é de confiança. Enquanto isso, usei MUITO o Playstation 2 dele...
E... de gaiata... ainda fiquei brincando no Playstation da Mariana também...

hauhauhauhauhauahuahuahuahuahuah

Aliás.... nunca saí tanto com ela como essa semana... acho que tirei todos os atrasos de sair com alguém e dos tempos que deixava de ir pra algum lugar por causa da ex.

E... faltei na quinta passada (13/12) a psicóloga... e acho que ela deve estar muito puta comigo, porque quando eu liguei bem a noite da quinta-feira, ela nem atendeu e nem retornou. Normalmente ela retorna. Precisaria ligar pra ela.
= /

Agora... nesse momento... estou em João Pessoa...
Fazendo o quê???
Porra nenhuma!!!!
Mal cheguei e já tô entediada...
Sem sono...
Sem ânimo...
Nada contra, mas ficar muito tempo aqui não dá certo pra mim...
Aqui consegue ser pior que Manaus... realmente não tem nada pra fazer, a não ser ir ver o mar (a única coisa que presta)....
Mas é deprimente você ir sozinha andar na beira do mar...
Tá certo que tem os meus pais... mas... vocês entendem...

E a cachorra nova já tá mor grandona... e é BUNITINHA!!!! (alguém vai ficar rindo disso, rs)
E as outras, continuam as mesmas... BUNITINHAS!!!!!

Tô ouvindo um "putz-putz" mor estranho... bem baixinho, mas tô ouvindo... parece que é de algum carro que tá deixando o som ligado com todas as portas abertas... e pelas batidas, parece um eletrônico de baladinha...

E eu só tô falando idiotices e inutilidades... porque não me vêm nada útil a escrever no momento...

Me lembrem de falar do cinto e do presente... porque já estou sem saco pra ficar na frente do pc e, mesmo sem sono, vou tentar dormir...

Ouvindo: o "putz-putz" da rua, que não faço a mínima que música é