quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Luto em silêncio

Olho... cheiro... sinto... penso... lembro... regurgito... conforto... deprecio... choro... falo...
Em silêncio.
Da minha cabeça só sairá rosto, sorriso, mãos, alegria, segurança, apoio, felicidade, conforto, verdade, cumplicidade, companheirismo, liberdade.
Não se preocupe... nada de ruim ficará... nada de desagradável permanecerá.
Só tenho a agradecer, apesar das falhas e erros.
Falhas... minhas...
Erros... de sempre escolher o errado...
Uma hora meu coração não aguentará mais os trancos... mas talvez irá tranquilo... de que um dos objetivos (se não o maior deles) tenha sido "meio" cumprido.
Erros devem ser cortados pela raiz ou serem isolados para não causar mais danos.
Um dia vou aprender isso.


Pensando: Cássia Eller – 1º de Julho